31 de outubro de 2005

Há tempos...

Há tempos reli os meus diários antigos.
Descobri que com o passar dos anos não me tornei nem mais sábia, nem mais forte, nem sequer mais prudente. Estou apenas mais triste.

4 comentários:

Gato Preto disse...

Triste? Talvez não estejas mais triste. Talvez estejas só um pouco menos entusiasmada. O que até nem é mau. O passar dos anos traz uma serenidade e uma lucidez que para mim são bem-vinndas. Além do mais, quem naturalmente tem prazer em estar vivo e gosta de ser feliz, não é com o avançar da idade que vai mudar. A euforia da mocidade é efémera, como nós, mas tu ainda és muito jovem... pensa menos no passado ou no futuro e mais no presente. Melhor: não penses.

É curioso que também eu há tempos reli o meu diariozito de adolescência. A casa esteve para vir abaixo com as gargalhadas que "aquilo" me provocou...

...

Voltando atrás, talvez seja melhor pensares, porque dificilmente se faz poesia sem pensar e eu adoro os teus poemas. Pensa só um bocadinho, pelos teus leitores!

Sherazade disse...

Bem... fica prometidíssimo que vou continuar a pensar... é um vício difícil de largar ;)

Quanto aos diários (os meus também tinham muito de comédia) e etc acho que é complicado estar mesmo feliz sem se estar a sentir a tal euforia... Não sei até que ponto acredito em felicidades mornas... :S Sou mais do género daquele reclame do millenium bcp do "Aqui vou ser feliiiiiizzzzz" :P

Noggy disse...

Mais triste não diria...mas mais apático sem dúvida.
Fizeste-me lembrar Woody Allen numa entrevista que deu à tempos onde dizia qualquer coisa do género: "Quem vos disse que quanto mais velho mais sábio, mentiu-vos.É tudo treta..."
Gostei deste blog. Vai para bookmark :P

Abraim Silva disse...

SUPERIOR!